1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23

Ocorreu nesta quinta-feira, 27, na Câmara de Vereadores de Jaguariaíva, audiência pública de prestação de contas relativa às aplicações dos recursos públicos pela prefeitura e as autarquias municipais, que são o IPAS (instituto próprio de previdência) e Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto). O último quadrimestre de 2019 foi o período exposto.

Aberta ao público em geral, a audiência contou com a presença de representantes das secretarias municipais, vereadores e integrantes das autarquias, com pouca adesão da comunidade.

Entre as autoridades estiveram o prefeito municipal, José Sloboda, a vice-prefeita e secretária de Educação, Cultura e Esporte, Alcione Lemos, e o presidente da Câmara Municipal, Adilson Passos Félix. A Comissão Permanente de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal foi representada pelo vereador Divael de Melo, que recebeu os relatórios das metas fiscais ao final da audiência.

Realizada a cada quatro meses, a audiência pública cumpre determinação do artigo 9, parágrafo 4º, da Lei de Responsabilidade Fiscal, onde o Poder Executivo demonstra e avalia os investimentos do município frente ao Poder Legislativo e à população.

A Câmara, por não ter metas fiscais, não apresentou relatórios ao público, contudo o vereador presidente Adilson Passos Felix destacou que há alguns anos o legislativo devolve recursos de manutenção ao município, sendo que no último ano foram repassados perto de R$600 mil para que a prefeitura empregasse em obras públicas.

Os índices fiscais do Executivo foram expostos pelo novo secretário de Finanças, Vinícius Brizola de Oliveira. Os dados apresentados mostraram que a prefeitura realizou todas as aplicações exigidas pela legislação. Como de praxe, as áreas que mais demandaram recursos no período foram as de saúde e educação. Oliveira explicou que Jaguariaíva se destaca entre os poucos municípios brasileiros com índice abaixo de 50% de comprometimento do orçamento com o pagamento das despesas com pessoal.

Informações sobre as receitas e despesas do município foram dadas pela secretária de Planejamento, Nara Giselle Bueno. Depois a secretária de Saúde, Amália Cristina Alves, falou dos investimentos na área, seguida do secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Pedro Leocádio Delgado, que falou do empenho do município em atrair novos empreendimentos, além de relatar que a cidade é destaque na região na intermediação de vagas de emprego.

A Agência do Trabalhador local, conforme Delgado, que chegou a ser cogitada para fechar, hoje encaminha dezenas de pessoas para vagas oferecidas em Jaguariaíva e região. Delgado destacou ainda o incentivo ao movimento turístico no município, que tem trazido desenvolvimento e geração de renda para a cidade. “Neste feriado de Carnaval, por exemplo, todos os hotéis da cidade estavam lotados”, disse. Além disso, o secretário relatou que novas empresas operadoras do turismo de aventura estão interessadas em atuar em Jaguariaíva.

Ao final da audiência o prefeito José Sloboda agradeceu aos presentes e fez um breve relato sobre a prestação de contas. Ele destacou que na área da saúde o município poderia investir apenas 15%, que é o índice obrigatório, mas foram investidos mais de 21% dos recursos do município neste serviço, que é essencial para a população.

De acordo com o prefeito, para evitar o desiquilíbrio das contas públicas, a administração municipal tem feito um trabalho técnico para aumentar a arrecadação, através de transferências da União e recursos do Estado, além de fazer um ajuste fiscal entre os contribuintes.

“Nós saímos de uma arrecadação de cerca de R$1.050 milhão de IPTU em 2015 para R$3.861 milhões em 2019, sem aumentar a alíquota, somente cobrando de quem não estava pagando. A mesma questão foi feita com ISS, taxas e outros, sempre procurando fazer justiça fiscal”, esclareceu. Sloboda observou que alguns bairros que estavam esquecidos hoje estão com melhor estrutura urbana e que a população está entendendo que todos devem participar do desenvolvimento do município.

dsc_4322
dsc_4322 dsc_4322
dsc_4323
dsc_4323 dsc_4323
dsc_4325
dsc_4325 dsc_4325
dsc_4331
dsc_4331 dsc_4331
dsc_4333
dsc_4333 dsc_4333
dsc_4336
dsc_4336 dsc_4336
dsc_4337
dsc_4337 dsc_4337
dsc_4341
dsc_4341 dsc_4341
dsc_4344
dsc_4344 dsc_4344
dsc_4345
dsc_4345 dsc_4345
dsc_4353
dsc_4353 dsc_4353
dsc_4356
dsc_4356 dsc_4356


Missão, Visão e Valores

Missão

Atender os anseios da população jaguariaivense, aplicando de forma correta, racional e transparente todos os recursos recebidos, buscando sempre o bem comum, com respeito e dignidade, objetivando o progresso contínuo com qualidade.

Visão

Exercer com coerência, transparência e pragmatismo as atribuições públicas municipais, constituindo-se em centro de excelência e de destaque nacional.

Valores

  • Ética como princípio básico;
  • Respeito às leis, aos regulamentos e aos direitos dos cidadãos;
  • Economicidade;
  • Transparência;
  • Comprometimento e pontualidade;
  • Honestidade / Integridade;
  • Responsabilidade;
  • Disponibilidade para mudanças tecnológicas e de conhecimento;
  • Preservação do patrimônio;
  • Administração confiável e orientada para o interesse público;
  • Cooperação;
  • Saúde e segurança no trabalho;
  • Preservação do meio ambiente;
  • Sinergia com os aspectos políticos;

Vídeo - Febre Amarela

Vídeo - Combate à Dengue

Vídeos - Gripe