1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11

Implantação do Condomínio do Idoso serve de exemplo na região

Representantes da cidade vizinha de Wenceslau Braz estiveram nesta sexta-feira (29) em Jaguariaíva para conhecer o Condomínio do Idoso. Jaguariaíva é a primeira cidade do Paraná a implantar com sucesso o projeto no ano passado, através do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura Municipal.

Os visitantes, Oswaldo Pinto Ribeiro Filho (secretário de Habitação), Claudete Pereira Costa (secretária de Assistência Social) e o vereador Robson Vilela de Moura foram recepcionados por técnicos da Secretaria de Habitação e  Desenvolvimento Social, entre eles a secretaria Cleia Valenga Sloboda, e também pelo secretário de Administração e Recursos Humanos, Josias Zacharow Pedroso, e o secretário de Comunicação Social, José Amilton Romão, que representaram a prefeita Alcione Lemos na ocasião.

A secretária Cleia apresentou o projeto aos visitantes, informando que o condomínio, além da estrutura de 40 moradias para idosos e áreas de lazer e convivência, também vai oferecer em breve atendimento de saúde em espaço já reservado. Devido à pandemia atividades recreativas ainda não estão funcionando na Área de Lazer, contudo elas fazem parte da programação e devem ocorrer quando a pandemia de Covid-19 estiver sob controle.

O secretário de Habitação brazense disse que seu município estuda com a Cohapar  a possibilidade de aderir ao programa e que o grupo veio a Jaguariaíva para conhecer na prática o projeto e saber dos custos e contrapartidas de sua manutenção.  “Nós temos uma quantidade elevada de idosos que precisam de moradia ou que estão em estado de solidão, mas não querem ir para um asilo, por isso vislumbramos a possibilidade de implantar um condomínio como este em nosso município”, comentou. A visita finalizou com a passagem pelas 200 moradias populares  do Portal do Sertão, que fica ao lado do Condomínio do Idoso.

Critérios - Atualmente, 38 casas no Condomínio do Idoso estão ocupadas. Para se beneficiar o interessado deve ter a partir de 60 anos, renda de um até seis salários mínimos, possuir cadastro positivo, não ter imóvel e morar sozinho ou com cônjuge ou companheiro.

A casa pode ser usada até quando o idoso desejar, pagando uma contrapartida mensal de 15% de um salário-mínimo. Quando uma unidade é desocupada ela passa ao próximo idoso do cadastro habitacional do município que atender aos requisitos do projeto.  Mais informações podem ser obtidas na Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Social, situada na Cidade Alta.

dscn3051
dscn3051 dscn3051
dscn3053
dscn3053 dscn3053
dscn3054
dscn3054 dscn3054
dscn3056
dscn3056 dscn3056
dscn3060
dscn3060 dscn3060

 

 


Vídeo - Covid 19