1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11

Redução de óleo na rede de esgoto foi de 70% após implantação do Feira Verde em Jaguariaíva

O programa Feira Verde tem sido um sucesso total entre a população de Jaguariaíva. Além dos benefícios visíveis, como ruas mais limpas e o fornecimento gratuito de alimentos saudáveis em 22 pontos do município, o impacto ambiental tem sido extremamente positivo.

Após a implantação do programa, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) tem monitorado o índice de óleo e graxa encontrado no esgoto e o resultado foi uma redução de 38,4 mg para 11,7 mg por litro, o que representa em  volume aproximadamente 800 litros de óleo que deixaram de ser depositados no esgoto.

De acordo com o presidente do Samae, Reginaldo Cheirubin, a redução impacta no custo e no tempo de tratamento do esgoto coletado, que pode levar até 26 dias, até ser completamente filtrado e decantado, permanecendo somente a água, que é devolvida totalmente livre de impurezas à natureza.

Além do óleo que era descartado na rede de esgoto, uma grande parte que possivelmente estava sendo lançada no solo, também deixou de poluir o meio ambiente, pois o volume entregue ultrapassou os 800 litros encontrados nos filtros de tratamento do esgoto.

Segundo a diretora do Ensino Profissionalizante, Tania Marodin Assis, do dia 20 de março ao dia 15 de abril, o departamento recebeu 1.264 litros de óleo, além de 145 litros de água que foram encontrados durante a separação. A partir disto, só são aceitos frascos transparentes que contenham óleo. No programa Feira Verde, a cada dois litros de óleo usado entregues, o morador recebe 1kg de alimentos.

Todo óleo coletado durante o Programa Feira Verde é revertido aos alunos do projeto “De Olho no Óleo” desenvolvido pelos jovens aprendizes e supervisionado pelo Departamento de Ensino Profissionalizante, pertencente à Secretaria de Indústria Comércio e Turismo (Smict). O material é comprado pela empresa parceira GRT de Ponta Grossa, que utiliza o óleo na fabricação de produtos de limpeza, biocombustível e ração animal. O valor é revertido em projetos do Jovem Aprendiz.

Com o descarte correto, o município recebe uma certificação pelo recolhimento, atestando que o poder público tem dado a destinação correta ao óleo usado.


Vídeo - Covid 19