1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15

Jaguariaíva adere ao combate da dengue com tecnologia de versões estéreis do Aedes aegypti

O município de Jaguariaíva contará a partir deste ano com uma nova tecnologia para controle da proliferação do Aedes aegypti, vetor da dengue, zika vírus, chikungunya. Reforçando as ações preventivas, a Administração Municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS), efetivou parceria com empresa especializada na eliminação desse mosquito, utilizando técnica de versões estéreis de mosquitos machos.

Nesta terça (10) ocorreu assinatura do contrato de serviços e apresentação do projeto na Casa da Cultura pela prefeita Alcione Lemos e representantes da empresa parceira, a Forrest do Brasil. Na oportunidade foi exposto que a técnica é única no mundo em se tratando de Aedes aegypti, com resultado comprovado e que não agride o meio ambiente. Ela se baseia na soltura massiva e contínua de mosquitos machos estéreis que acasalam com as fêmeas comuns, resultando em ovos que não eclodem, promovendo redução gradual desses mosquitos, até a erradicação.

Sempre buscando o melhor para a população de Jaguariaíva, a prefeita Alcione destacou que a iniciativa, de eficiência comprovada cientificamente e em outros dois outros municípios do Paraná, entre eles o de Ortigueira, visa eliminar o Aedes aegypti e prevenir a instalação de surtos de dengue. “Como gestores públicos temos a responsabilidade de fazer um trabalho de prevenção de doenças como a dengue, que é um problema sério principalmente para as crianças, razão de ser de nossa administração”, pontuou.

Alerta - Segundo informações da Vigilância em Saúde da SEMUS de Jaguariaíva, nos últimos meses não houve casos autóctones de dengue no município. Os índices de infestação detectados através da coleta de dados dos agentes de endemias, contudo, são de alerta e colocam Jaguariaíva em risco, visto que são crescentes as infestações nos últimos três anos, apesar de todos os esforços empreendidos. Medida necessária é a continuidade do descarte correto do lixo doméstico, imprescindível no combate à dengue e outras doenças. Atividades educativas e de orientação em saúde alusivas ao projeto de combate ao Aedes aegypti via mosquitos estéreis também estão previstas para os próximos dias.

thi_7566
thi_7566 thi_7566
thi_7590
thi_7590 thi_7590
thi_7616
thi_7616 thi_7616
thi_7641
thi_7641 thi_7641
thi_7649
thi_7649 thi_7649
thi_7711
thi_7711 thi_7711
thi_7780
thi_7780 thi_7780


Vídeo - Covid 19