1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23

Jaguariaíva recebe visita do IPHAN para proposta de incentivo à Cultura do município

Na última sexta-feira, dia 4, Jaguariaíva recebeu a visita do analista Rafael Boeing e do historiador da superintendência do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) no Paraná, Juliano Martins Doberstein, para a apresentação de uma possibilidade de incentivo do órgão federal a projetos de Capoeira, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte, que fez o primeiro contato e inscreveu o município no concurso.

O intuito da oficina, que aconteceu no Cine Teatro Municipal Valeria Luercy, foi expor a proposta do instituto de contemplar uma cidade dos Campos Gerais com o valor de R$ 50 mil para o incentivo e consolidação da prática da Capoeira. A apresentação contou com a presença de integrantes de dois grupos locais, Capoeira Brasil Jaguariaíva e Cordão de Ouro, aptos a participarem do edital.

A vice-prefeita e secretária Alcione Lemos recebeu a equipe do IPHAN e expôs as diversas ações que o município já realiza para promover a cultura e preservar a história, inclusive com diversos patrimônios tombados, como a Casa da Cultura, Estação Durvalino de Azevedo, do Santuário do Senhor Bom Jesus da Pedra Fria e a antiga Escola Izabel Branco. “Além de nossos patrimônios materiais, que carregam anos da história jaguariaivense, nossa secretaria assumiu um compromisso com a preservação de nossa identidade cultural através do suporte a grupos como os de capoeira, cedendo espaços para as reuniões e treinos, também o transporte para eventos e competições que acontecem em outros municípios, além do contato feito com o IPHAN para oportunizar a participação nesta seleção regional”, pontua Alcione.

O diretor da Cultura, Vinicius Shadner, ressalta que os grupos de capoeira de Jaguariaíva também atuam com cunho social para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, com incentivos da SMECE e também da Secretaria de Desenvolvimento Social do município, através das quais, a administração promove vários incentivos para projetos culturais que vislumbrem, não somente o aspecto artístico, mas social, valorizando aqueles que promovem mudanças na sociedade.

O historiador do IPHAN Juliano, em entrevista, explicou que um edital de mapeamento dos grupos de capoeira dos Campos Gerais foi lançado para reunir as “rodas” disponíveis e, posteriormente em forma de concurso, escolher o melhor projeto a ser contemplado. A partir disto, haverá um contrato entre o município e o IPHAN para acompanhar a aplicação dos conteúdos da proposta contemplada.

Jaguariaíva está entre as quatro cidades escolhidas para a realização da oficina, juntamente com Ponta Grossa, Lapa e Tibagi, escolhidas por expressão cultural e social da Capoeira, que é reconhecida pela Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura) como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.


Missão, Visão e Valores

Missão

Atender os anseios da população jaguariaivense, aplicando de forma correta, racional e transparente todos os recursos recebidos, buscando sempre o bem comum, com respeito e dignidade, objetivando o progresso contínuo com qualidade.

Visão

Exercer com coerência, transparência e pragmatismo as atribuições públicas municipais, constituindo-se em centro de excelência e de destaque nacional.

Valores

  • Ética como princípio básico;
  • Respeito às leis, aos regulamentos e aos direitos dos cidadãos;
  • Economicidade;
  • Transparência;
  • Comprometimento e pontualidade;
  • Honestidade / Integridade;
  • Responsabilidade;
  • Disponibilidade para mudanças tecnológicas e de conhecimento;
  • Preservação do patrimônio;
  • Administração confiável e orientada para o interesse público;
  • Cooperação;
  • Saúde e segurança no trabalho;
  • Preservação do meio ambiente;
  • Sinergia com os aspectos políticos;

Vídeo - Febre Amarela

Vídeo - Combate à Dengue

Vídeos - Gripe