1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23

Administração municipal alcança maior número de concursados da história de Jaguariaíva

Jaguariaíva tem avançado cada dia mais em políticas públicas, isso só tem sido possível graças a uma gestão responsável que tem respeitado os limites de gastos, para investir de maneira correta no desenvolvimento do município.

Trabalhando dentro do limite prudencial, hoje a prefeitura conta com mais de 87% de sua equipe composta por servidores concursados. No total são 1.372 funcionários, dos quais 1.201 foram selecionados através de certames públicos, o restante se divide em contratos temporários (20), estagiários (33), agentes comunitários de Saúde (18), jovens aprendizes (21) e comissionados (79).

O número é uma conquista de um trabalho árduo que já atravessa os anos, pois antes de 2009 a prefeitura de Jaguariaíva mantinha mais de 400 funcionários comissionados e contratados, enquanto o extinto Conselho Doutor Santos, cuja função era gerir o Hospital Carolina Lupion, abrigava um número próximo de 300 funcionários sem concurso público. As funções iam de marceneiro a médicos, que não ficavam apenas lotados na instituição hospitalar, mas em diversos setores fora de sua área de abrangência. Os contratos, de cunho questionável, mas que eram pagos com dinheiro público, acabaram gerando inúmeras ações civis públicas que tramitam no judiciário até hoje.

No entanto, se nos anos anteriores a 2009, a situação do organograma municipal era caótica, é possível afirmar que, desde então, as medidas para colocar a administração em dia surtiram efeito.  Com a realização de 7 concursos e 3 testes seletivos desde 2009, Jaguariaíva possui hoje 87,5% de sua equipe composta por servidores efetivos.

Na atual gestão, o número de comissionados é de apenas 79 que, no quadro total de servidores, representa apenas 5,7%, um percentual baixíssimo que só foi possível através da constante realização de concursos e testes seletivos no município, por meio de uma gestão pensada com responsabilidade e critérios que tramitam dentro da lei.

O impacto na economia do município é visível, e hoje Jaguariaíva trabalha dentro do limite prudencial nas despesas públicas de pessoal, que é de 54% da receita corrente líquida (RCL). Mensalmente são gastos R$ 3.369.088 milhões com a folha de pagamento, sendo as duas maiores pastas a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes com 545 efetivos, seguida pela Secretaria Municipal de Saúde, com 360 servidores.

Esses valores acabam sendo novamente injetados na economia do município. Destaca-se, também, que o número de servidores municipais compõe o maior segmento de empregos no município que, com 40 mil habitantes, necessita de uma equipe ampla e especializada em cada secretaria.

Contudo, os reflexos de gestões passadas ainda penalizam Jaguariaíva. Com uma dívida milionária decorrente de ações trabalhistas impetradas mediante contratações irregulares, desde 2010 são pagas parcelas de precatórias mensalmente, atualmente o valor das parcelas é de R$ 58 mil ao mês, a “herança” de gestões passadas vai até 2024.


Missão, Visão e Valores

Missão

Atender os anseios da população jaguariaivense, aplicando de forma correta, racional e transparente todos os recursos recebidos, buscando sempre o bem comum, com respeito e dignidade, objetivando o progresso contínuo com qualidade.

Visão

Exercer com coerência, transparência e pragmatismo as atribuições públicas municipais, constituindo-se em centro de excelência e de destaque nacional.

Valores

  • Ética como princípio básico;
  • Respeito às leis, aos regulamentos e aos direitos dos cidadãos;
  • Economicidade;
  • Transparência;
  • Comprometimento e pontualidade;
  • Honestidade / Integridade;
  • Responsabilidade;
  • Disponibilidade para mudanças tecnológicas e de conhecimento;
  • Preservação do patrimônio;
  • Administração confiável e orientada para o interesse público;
  • Cooperação;
  • Saúde e segurança no trabalho;
  • Preservação do meio ambiente;
  • Sinergia com os aspectos políticos;

Vídeo - Febre Amarela

Vídeo - Combate à Dengue

Vídeos - Gripe